Estrutura boa… para o Infrator

Home Fóruns Notícias Estrutura boa… para o Infrator

Este tópico contém resposta, possui 1 voz e foi atualizado pela última vez por  Fabiano Bernardo 1 ano, 5 mes atrás.

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #1872

     

    Número de guinchos e agentes é considerado insuficiente para fiscalizar cidade com mais de 1,1 milhão de veículos

    Carros estacionados em portas de garagem e em locais proibidos geram transtornos que, em Goiânia, podem demorar a ser resolvidos. A Secretaria Municipal de Trânsito (SMT) possui apenas três guinchos para fazer a retirada de veículos deixados de forma indevida nas vias da capital. O secretário da SMT, Andrey Azeredo, admite que não há guinchos suficientes para atender toda a cidade, com seus mais de 1,1 milhão de veículos e 633 mil imóveis. “É claro que não é suficiente”, reconhece ele, ponderando em seguida: “Sempre que o serviço é requisitado, a SMT atende, a depender da demanda”.

    De acordo com o chefe da pasta, o foco da secretaria não é ter uma quantidade grande de veículos guinchados ou aplicar muitas multas, mas sim educar o condutor. Conforme secretário, nas áreas de maior fluxo, existe um grande desrespeito de parte da população, o que atrapalha o trânsito e obstrui a entrada de estabelecimentos.

    Azeredo frisa que a SMT tem uma gerência específica de educação trânsito, que mantém um grupo para realizar visitas diárias às escolas de Goiânia, discutindo valores e obrigações com crianças e adolescentes. O trabalho também é feito em empresas e em outros locais, abordando a importância de usar o cinto de segurança, não falar ao celular ao dirigir, não parar em fila dupla e respeitar os locais adequados para estacionamento.

    O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) estabelece que onde houver guia de calçada (meio-fio) rebaixada destinada à entrada ou saída de veículos, a infração por estacionar é considerada média, com multa e remoção do veículo. A SMT, entretanto, informa que os atendimentos para veículos em portas de garagem são feitos, geralmente, quando a secretaria é acionada pelo cidadão. A justificativa é de que ao passar por um local específico, o agente não sabe dizer se o carro estacionado é da casa ou não.

    A presidente do Sindicato dos Agentes de Trânsito de Goiânia (Sinatran), Andrea Gonçalves de Melo, explica que os agentes costumam multar mesmo só quando chamados. “É questão de bom senso. E se o veículo for do morador?”

    “Número é rídiculo”

    Em relação à quantidade de guinchos, Andrea, que é agente de trânsito há 15 anos, chama o número de “ridículo”. De acordo com ela, a simples fiscalização não resolve o problema e deveria haver pelo menos um guincho por ponto crítico da capital. “É necessário retirar o veículo para desobstruir o trânsito”, diz. Andrea estima que três guinchos deveriam ficar à disposição da Rua 44; a mesma quantidade em grandes eventos, como shows; um no Centro de Goiânia e outro em Campinas.

    fonte: O Popular

     

Visualizando 1 post (de 1 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.