Agente de Trânsito Ajuda No Salvamento de Vítima de Acidente de Trânsito

SOCORRO3-1

Situação complica essa de acidente com vítima, pois envolve vários aspectos: o profissional que é imprescindível e o humano que envolve a emoção e que inevitavelmente vem nesse tipo de ocorrência, sendo importante manter a calma e o controle emocional.

Assim, é necessário o profissionalismo para efetivar a segurança do local, evitando outros acidentes e atropelamentos, adotando então as medidas de acionamento do resgaste e outras especificidades, conforme a ocorrência; além do aspecto humano, no sentido de ajudar a vítima da melhor forma possível.

outro 03-1 (1)

E nesse caso, a solidariedade e o profissionalismo da Equipe ficaram bem evidentes pelas imagens.

PARABÉNS!

LVS

Apoio: Ora Para Que o Fornecimento de Água Não Seja Comprometido, Ora Para Que a Coleta de Esgota Não Seja Interrompida

Apoio

Vários Agentes são necessários para efetivar a segurança viária da área exata e da adjacente onde se realiza o serviço de limpeza de esgoto, de boca de lobo e a de rede pluvial, uma vez que, em muitos desses casos, as tampas dessas redes estão localizadas exatamente nos cruzamentos.

O que requer a intervenção e controle viário de vários pontos por parte dos Agentes, para que o trânsito não seja totalmente obstruído.

spoio-1-1

Assim, quando você se deparar com uma movimentação desse tipo no trânsito, tenha um pouco de paciência, pois tudo está ocorrendo para que não seja comprometido ora o abastecimento de água, ora a coleta de esgoto nas residências, bem como para garantir o escoamento das águas quando da ocorrência de chuvas.

apoio-1

EVITE ACIDENTES E CONTRATEMPOS

RESPEITE A SINALIZAÇÃO

MUITO BOM!

LVS

De Quem é a Culpa?

033

Engavetamento de veículos é a colisão sucessiva de vários carros, ou seja, eles vão sequencialmente colidindo um no outro. E esse tipo de acidente é bem comum, especialmente, na Marginal Botafogo aqui em Goiânia. E entendemos que existe dois principais motivos para esse tipo de acidente:

Primeiro: o não respeito à distância de segurança;

Segundo: o excesso de velocidade.

Assim, essa combinação acaba por resultar o ENGAVETAMENTO DE VEÍCULOS.

 

E a culpa é de quem?

Bom, o artigo 29, inciso II, do Código de Trânsito traz várias regras para os usuários da via, dentre as quais está a referente ao assunto colocado, a saber:

II – o condutor deverá guardar distância de segurança lateral e frontal entre o seu e os demais veículos, bem como em relação ao bordo da pista, considerando-se, no momento, a velocidade e as condições do local, da circulação, do veículo e as condições climáticas.

Logo, o condutor tem que manter uma distância razoável do veículo a sua frente, sob pena, inclusive, do cometimento da infração do artigo 192, do CTB.

Art. 192. Deixar de guardar distância de segurança lateral e frontal entre o seu veículo e os demais, bem como em relação ao bordo da pista, considerando-se, no momento, a velocidade, as condições climáticas do local da circulação e do veículo:

        Infração – grave;

        Penalidade – multa.

 

Mas existe a medida dessa distância?

Não existe!

Assim, o condutor deverá observar a velocidade e as condições do local, da circulação etc. Como diz o inciso citado para determinar uma distância segura. Mas existe uma exceção, a saber: quando o condutor estiver passando ou ultrapassando um ciclista a distância deverá ser de pelo menos um metro e cinquenta centímetros, sob pena de cometer a infração de trânsito do art. 201, CTB:

Art. 201. Deixar de guardar a distância lateral de um metro e cinqüenta centímetros ao passar ou ultrapassar bicicleta:

        Infração – média;

        Penalidade – multa.

Portanto, podemos depreender que quanto maior a velocidade maior deve ser a distância de segurança

033-1-1

 

E a culpa?

Então, em caso de engavetamento, apesar de aparentemente a culpa ser do motorista que parou subitamente, por exemplo, quem bateu atrás no veículo acaba sendo o culpado segundo as regras de trânsito.

A norma de trânsito é clara: mantenha distância segura do veículo da frente.

E isso vale independentemente se o motorista deu uma frenagem brusca ou não.

EVITE ACIDENTES, RESPEITE AS NORMAS DE TRÂNSITO

0333-1-1

BELO TRABALHO DA EQUIPE!

LVS

 

 

Desgaste Emocional, Físico e Financeiro

031-1

Toda atenção é pouca no trânsito, uma vez que naturalmente temos variadas formas de distração e um ambiente com diversos pontos de divergência, de intersecção e de conflitos, em que cada condutor tem os seus interesses, obrigações, horários, afazeres, compromissos, etc.

De modo que, um instante de distração pode ocasionar um grande desgaste ao condutor: emocional, físico, financeiro, dentre outros. Além de provocar considerável transtorno ao trânsito.

Nesse acidente, por exemplo, foi necessária uma Equipe grande de Agentes de Trânsito para fazer o controle e o fechamento da via, já que o veículo envolvido, pelas avarias, só sairia do local com um guincho.

035-1

Nisso, o trânsito ficou interrompido e o desgaste para todos nas regiões adjacentes foi bem expressivo.

03-1

Logo, sejamos atentos e vigilantes, caso contrário, o desgaste é geral.

 

O veículo foi removido do local e a ocorrência foi feita.

BOM TRABALHO!

LVS

EVITE ACIDENTES, RESPEITE A SINALIZAÇÃO

Fundamento: Educação no Trânsito

IMG-20170216-WA0046

O trabalho de Educação no Trânsito nunca estará pecando por excesso, mas por falta, uma vez que o conhecimento e a orientação nunca será demais, especialmente em uma área como o trânsito em que a demanda de condutores e consequentemente de veículos é crescente em nossa Cidade. E com isso os problemas de falta de estacionamentos, de congestionamentos e de acidentes, bem como o de mitigação da mobilidade e da acessibilidade urbana.

Desse modo, os Agentes de Trânsito, no exercício de suas funções, tem nessa atividade educativa um dos seus fundamentos, sendo afastado, tão somente, nos casos de reincidência e de persistência  na prática da infração de trânsito. O que, por si só, acaba por gerar um ambiente de risco, em que a probabilidade de ocorrência de acidentes e de atropelamentos aumentam de forma considerável.

Sendo redundante, reiteramos: no momento em que cometemos uma infração de trânsito criamos, imediatamente, esse ambiente de risco.

Assim, quando o processo educativo falha, talvez, e fiscalizatório ajude.

 

EVITE MORTES, RESPEITA A SINALIZAÇÃO DE TRÂNSITO

PARABÉNS PELO TRABALHO DE EDUCAÇÃO

 

LVS

Se a Velocidade Máxima Permitida for de 40km/h, até 47km/h não é Considerado Excesso de Velocidade?

imetr-1

Para que se promova as adequações da sinalização nos locais contemplados com fotossensores/lombadas eletrônicas é necessário a realização de aferição e Estudo Técnico por parte do INMETRO em cumprimento a Resolução 396/2011 do CONTRAN, que assim dispõe:

Art. 3° O medidor de velocidade de veículos deve observar os seguintes requisitos:

I – ter seu modelo aprovado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia – INMETRO, atendendo à legislação metrológica em vigor e aos requisitos estabelecidos nesta Resolução;

II – ser aprovado na verificação metrológica pelo INMETRO ou entidade por ele delegada;

III – ser verificado pelo INMETRO ou entidade por ele delegada, obrigatoriamente com periodicidade máxima de 12 (doze) meses e, eventualmente, conforme determina a legislação metrológica em vigência.

Essa medida visa a evitar impropriedades técnicas e erro de aferição pelos aparelhos de “lombada eletrônica” quando da medição da velocidade desenvolvida pelos condutores de veículos.

Desta feita, inclusive, aceita-se uma margem de erro de 7km/h.

Assim, se a velocidade máxima permitida for de 40km/h, até 47km/h não é considerado para efeito de imposição de multa (embora exista o excesso), uma vez que existe uma margem de erro nos aparelhos aferidores de velocidade.

Contudo, acima dessa margem, 48km/h, já é caso de notificação (de aplicação de multa), segundo o caso exemplificado.

E para a realização dessa aferição pelo INMETRO é necessário o fechamento de várias vias para que o Instituto, com o seu veículo, faça as mensurações in loco, passando várias vezes, até alcançar um resultado preciso.

IMETRO0-1

Trabalho que exige uma grande equipe de Agentes e muita atenção para que não ocorra incidentes

GRANDE TRABALHO, PARABÉNS A TODOS!

logooooFACE

Mudança no Trânsito

IMG-20170216-WA0044

Hoje, alguns Agentes de Trânsito fizeram o trabalho de comunicação e orientação decorrente de mudança no sentido de tráfego de algumas vias.

LOCAIS de MUDANÇA:

  • Ruas 1141, Marista;

  • Rua Amélia Artiaga Jardim, Marista;

  • Rua 1142, Marista;

  • Rua 122, Marista;

MUDANÇA: essas vias, basicamente, deixaram de ser de sentido duplo para serem de único sentido (“mão única”).

mpa

MOTIVO: possivelmente seja pelo grande fluxo de veículos e pedestres (próximo a escola) corroborada com a estrutura dessas ruas (estreitas), o que gera grande tumulto, principalmente, nos horários de entrada e de saída dos alunos.

CONCLUSÃO: o trabalho dos Agentes está sendo feito, esperamos que essa mudança tenha sido objeto de estudos e pesquisas a fim de que seja a medida mais acertada, proporcionando maior segurança aos pedestres, condutores de veículos e moradores, bem como a mais adequada à acomodação do interesse do público.

PARABÉNS PELO TRABALHO!

estressssss

 

Vamos Mudar o Trânsito de Goiânia

estressssss

A Campanha tem como principal objetivo o alcance de um Trânsito + Seguro, sendo criado a partir da necessidade de ações permanentes de educação e da implementação de soluções voltadas à redução de acidentes e mortes no trânsito de nossa Capital.

De modo que, em um ato constante, todos procuraremos a sensibilização da população e toda a sociedade em geral para fazermos de Goiânia uma cidade mais segura, com maior mobilidade urbana, a partir de um trânsito mais humano e educado.

FAÇA PARTE DESSA MUDANÇA