Blitz com os Taxista de Goiânia Dentro da Nossa Campanha Sinal de Vida

Mais uma blitz realizada dentro da nossa Campanha SINAL DE VIDA: TODOS POR UM TRÂNSITO + SEGURO. Agora com os taxistas de Goiânia, procurando a conscientização a fim de que não haja o ANTECEDENTE (infração de trânsito) e assim não ocorra o, possível, CONSEQUENTE (acidentes e atropelamentos).

IMG-20170405-WA0092 (1)

É sabido por todos que o efetivo da SMT é reduzido, o que combinado com a sobrecarga de trabalho agravada pela falta de estrutura e de condições de trabalho, bem como pela falta de qualquer inovação tecnológica (o que traria consigo um plus à qualidade do trabalho) tem com consequência natural o desamino e a carência de motivação à execução de um trabalho mais efetivo por parte dos servidores. Além de afastar alguns da atividade fim, já que buscam outras secretárias para realizar os seus trabalhos, reduzindo ainda mais o efetivo.

Logo, essa campanha visa não só diminuir os índices de violência no trânsito, mas também promover esperança e agregar motivação aos Agentes que percebem, dentro da sua atuação na Campanha, o quanto é importante as suas funções à realização de um trânsito mais humano e educado na nossa Capital.

Com efeito, tamanha adequação e desafio requer a adoção de medidas que venham congregar abordagens empíricas e metodológicas condizentes com a necessidade tanto do Ente quanto dos servidores, a fim de ampliar a sua atuação, dirigida mais precisamente a resolução dos problemas, visando o atendimento do interesse público, que precisa e espera por um trânsito mais humano. Tudo, a partir de uma ação mais presente junto à comunidade por parte dos Agentes de Trânsito de Goiânia.

IMG-20170405-WA0072Foto de Andréa

IMG-20170405-WA0077

IMG-20170405-WA0068IMG-20170405-WA0080IMG-20170405-WA0076IMG-20170405-WA0082IMG-20170405-WA0083IMG-20170405-WA0064IMG-20170405-WA0040IMG-20170405-WA0067IMG-20170405-WA0081IMG-20170405-WA0069IMG-20170405-WA0070IMG-20170405-WA0084IMG-20170405-WA0052IMG-20170405-WA0053IMG-20170405-WA0085IMG-20170405-WA0045IMG-20170405-WA0048IMG-20170405-WA0039IMG-20170405-WA0043IMG-20170405-WA0042IMG-20170405-WA0056IMG-20170405-WA0058

 

Agente de Trânsito Faz o Controle Viário em Local de Acidente: Capotamento

5

 Capotamento decorrente de acidente de trânsito hoje na Rua 09 com a Rua 05, no Centro.

Provavelmente em decorrência do excesso de velocidade combinado com o cometimento de outras infrações de trânsito como, por exemplo, o uso de aparelho celular que tira a atenção do motorista; bem como do não uso do cinto de segurança que agrava os ferimentos dos envolvidos; além do não respeito ao PARE.

2

Os Agentes de Trânsito fizeram o controle viário e a sinalização do local, a fim de que não houvesse outro acidente.

Houve apenas pequenas escoriações nos condutores.

 

RESPEITANDO A SINALIZAÇÃO E AS REGRAS DE TRÂNSITO VOCÊ ESTARÁ RESPEITANDO A SUA VIDA: EVITANDO ACIDENTES

1

Trabalho feito com louvor,

PARABÉNS A TODOS OS AGENTES DE TRÂNSITO ENVOLVIDOS

Foto de Andréa

A Saga Continua: depois da SMT fomos à SEINFRA

marco2Hoje, conjuntamente com a família do MARCO TÚLIO (vítima de acidente de trânsito), protocolamos ofício solicitando que a SEINFRA faça a infraestrutura viária, requerida em projeto de trânsito pronto desde 2016, na Av. Perimetral com a Rua Rit 01. Para que, então, a SMT possa efetivar as mudanças de trânsito no local, a fim de se evitar outros acidentes.

Conversamos com o Chefe de Gabinete da SEINFRA, Mauro, informando-lhe que o caso é de URGÊNCIA, pois, se nada for feito, outras vidas serão ceifadas.

Ademais, o projeto já está pronto desde 2016 e até agora nada foi feito. Essa passividade, por parte do Poder Público, é deletéria, pois, se as mudanças já tivessem sido feitas, provavelmente, o MARCO TÚLIO estaria conosco, ou seja, vidas teriam sido poupadas.

marco1

QUE A SEINFRA POSSA FAZER O SEU DEVER DE CASA.

A POPULAÇÃO AGRADECE.

Foto de Andréa

 

NOTA DE APOIO AS INVESTIGAÇÕES REALIZADAS EM FACE DA SMT

IHHG

O Sindicato dos Agentes de Trânsito de Goiânia – SINATRAN -, entidade que representa os Agentes de Goiânia, manifesta o seu total e irrestrito apoio às investigações em curso que apuram as possíveis irregularidades praticadas por alguns servidores e gestores da Secretaria de Trânsito, Transporte e Mobilidade da Capital.

Diante dos fatos que se descortinam a partir das investigações realizadas até o momento, os Agentes, tão perplexos como todos os segmentos da sociedade goianiense, solidarizam-se com a Comissão de Investigação da Câmara Municipal de Goiânia, instituída pelo Vereador Elias Vaz, bem como para com as ações judiciais implementadas (e a ser implementadas ainda) pelo Ministério Público de Goiás.

O SINATRAN deposita a sua confiança no sentido de que os trabalhos de investigação do Judiciário e do Legislativo possam resultar em justiça, na expectativa que seguirão seu curso normal e, ao final, com serenidade e independência se conclua à missão consignada, apontando os prováveis responsáveis e as irregularidades cometidas. Sendo o caráter pedagógico de toda essa movimentação importantíssimo para esta e outras gerações: que os acertos sejam mantidos; os erros desfeitos e os responsáveis, por alguma irregularidade cometida, responsabilizados na medida da gravidade de suas ações ou omissões.

Por fim, o SINATRAN tem convicção de que esse momento de crise resgatará a credibilidade da SMT, cuja atuação é imperiosa à manutenção de um trânsito mais seguro e humano na nossa Cidade.

Andréa Gonçalves

Presidente do SINATRAN

 

 

Agente de Trânsito Fiscaliza Veículo Estacionado Sobre Praça Pública

DIFÍCIL NÉ

A imagem fala por si só. Não temos muito o que dizer, salvo lamentar a falta de educação e de conscientização por parte de alguns motoristas. E ressaltar a importância do trabalho de fiscalização, pois, em certos casos, não há outra solução.

De modo que, o caráter pedagógico precisa assumir vieses mais contundentes e efetivos, uma vez que a educação, pelo que tudo indica acima (na foto), não foi o suficiente.

PARABÉNS PELO TRABALHO!

Foto de Andréa

 

Em Casa de Ferreiro o Espeto é de Pau: Cadê o Exemplo SMT?

BIKECAMA

É necessário a formatação e a liberação de mais e maiores espaços para os ciclistas em Goiânia, com a construção de mais ciclovias e a expansão das ciclofaixas, tendo em vista as suas vantagens e benefícios para uma MOBILIDADE URBANA SUSTENTÁVEL, a saber:

  •  emissão zero de qualquer gás do efeito estufa ou outro componente dos combustíveis fósseis;
  • um carro ocupa o espaço de aproximadamente 42 bicicletas;
  • evitar congestionamentos;
  • evitar gastos desnecessários com o recapeamento asfáltico;
  • condicionamento físico e mental aos usuários;
  • menos utilização do sistema SUS;
  • resolve os problemas de falta de estacionamento.

Contudo, é necessário ofertar ambientes mais seguros para esse tipo de veículo, incentivando a utilização desses espaços, ou seja, dar condições para que o ciclista possa trafegar de forma segura, pois atualmente (e posso dizer por experiência empírica) andar de bike é assumir um risco de morte, em nome de uma forma alternativa de vida: cheguei a comprar uma bicicleta, mas desistir de usá-la no dia a dia por falta de segurança viária.

Incentivar o uso da bicicleta significa em longo prazo, um menor gasto com medicamentos e tratamentos de saúde e melhor qualidade de vida para a população. Países europeus como a Bélgica e França têm medidas de incentivo ao uso deste modal, através da indenização por quilômetro rodado para as pessoas que usam a bike e incentivo fiscal para as empresas que sensibilizam seus funcionários a o fazerem. O gasto de alguns milhões de euros com estas medidas são compensados pela economia de bilhões e bilhões com saúde, já que as pessoas precisam menos de hospitais. Isto funciona e temos exemplos de sucesso, o que mais falta?

 

FALTA OS ÓRGÃOS GESTORES DAR O EXEMPLO, COMEÇANDO DELES MESMO:

CADÊ O BICICLETÁRIO DA SECRETARIA DE TRÂNSITO?

BIKE

CADÊ O BICICLETÁRIO DO PAÇO MUNICIPAL?

CAMA

CADÊ O BICICLETÁRIO DA CÂMARA MUNICIPAL?

CAMA

CADÊ AS CICLOVIAS, COM ROTAS MÍNIMAS, CONECTANDO OS ESPAÇOS PÚBLICOS?

 

E vamos além, CADÊ O INCENTIVO PARA O USO DE BICICLETAS PELOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS MUNICIPAIS (no mínimo os da SMT, para começar, ser um exemplo a ser seguindo)?

Conversas já têm bastantes, sendo necessárias atitudes efetivas. E, detalhe, o exemplo deve sair de casa, que comece dentro da SMT. Pois essa história de EM CASA DE FERREIRO O ESPETO É DE PAU, o povo já sabe de cor e salteado, PRECISAMOS DO NOVO.

Felisberto Tavares, Secretario da SMT, implemente um incentivo aos servidores que forem trabalhar de bike: dê o exemplo para todos os goianienses.

Foto de Andréa

Agente de Trânsito Faz o Controle de Trânsito em Cruzamento Semaforizado sem Energia (apagado)

MARQUEZ

Agente de Trânsito faz o controle semafórico

SOLUÇÃO EXEQUÍVEL

No-break é um aparelho que mantém os equipamentos funcionando mesmo sem energia elétrica. Assim, a inclusão desse dispositivo aos semáforos ensejaria em uma maior segurança viária e maior fluidez do trânsito e do transporte coletivo, uma vez que, em casos de queda de energia, esses equipamentos são acionados automaticamente e os sinaleiros continuam então funcionando normalmente por um período de  2 horas a 6 horas, sem interrupção.

Sendo, portanto, um importante sistema para o regular e bom funcionamento da mobilidade urbana. De modo que, com o no-break instalado, raramente será necessário o deslocamento de equipes de Agentes de Trânsito até o local por eventual falta de energia. Inclusive, um dispositivo apenas pode atender até 10 semáforos ao mesmo tempo.

Desta feita, basta pensarmos: para cada cruzamento em que os semáforos param de funcionar é necessário, pelo menos, uma equipe de 5 (cinco) a 6 (seis) agentes de trânsito para realizar o controle do tráfego a fim de se evitar, principalmente, os acidentes de trânsito, bem como garantir a fluidez. E, a depender do tipo de sinalização e fluxo de veículos a necessidade de agentes pode aumentar, até para que haja o revezamento, pois o controle de trânsito com o uso de apito, se prolongado, causa tonturas e desorientação, pelos constantes assopros.

Vale ressaltar que, esta é uma tendência natural das grandes cidades – a utilização de no-breaks nos semáforos -, por exemplo, Curitiba, Foz do Iguaçu, Maringá, Londrina, Apucarana, Paranaguá, Recife, Campinas, Embu das Artes, dentre outras cidades já implantaram esse sistema.

Desta feita, os gastos com sinalização pela SMT, abastados, diga-se de passagem, seriam bem justificados com a implantação de sistemas como estes que resolveria, de fato, um dos grandes problemas de nossa cidade.

ENQUANTO NÃO FOR IMPLEMENTADA UMA SOLUÇÃO, COMO A APRESENTADA, TODOS NÓS SOFREMOS: OS SERVIDORES DA SEMAFÓRICA; OS AGENTES, MAS PRINCIPALMENTE A POPULAÇÃO QUE SE VÊ REFÉM DESSA FALTA DE INICIATIVA DO PODER PÚBLICO EM RESOLVER DE FATO A QUESTÃO.

 

EXCELENTE TRABALHO!

Foto de Andréa

BUSCANDO UM OLHAR MAIS ATENTO E SOLIDÁRIO POR PARTE DA SECRETARIA DE TRÂNSITO

17795726_107391339780102_529819155930829102_n

Buscando possíveis soluções referentes aos problemas decorrentes da falta de estacionamento nas áreas adjacentes à Maternidade Dona Íris, conjuntamente com a Diretora Administrativa do Hospital, Senhora Cleusa, nos reunimos para conversar sobre a questão.

17796139_107391349780101_6356728902981258080_n

De modo que, faremos alguns encaminhamentos colocando algumas sugestões e propondo certas alterações na sinalização de trânsito, em determinados locais. Uma vez que, segundo o nosso entendimento, é necessário que a Secretaria de Trânsito expresse um olhar mais atento e até mesmo mais humanizado, em áreas próximas à hospitais.

17796634_107391346446768_3250030035426404299_n

Logo, esse é o primeiro de muitos em que procuraremos alcançar determinadas mudanças que venha agregar à construção de um caráter mais solidário na atuação e na sinalização de trânsito nessa áreas, sem desprezar, é claro, o aspecto pedagógico e de respeito as regras de trânsito.

Foto de Andréa