REUNIDOS COM O SECRETÁRIO DE TRÂNSITO, FERNANDO SANTANA, POR UM TRÂNSITO ➕ SEGURO

20841054_1382156611832052_2519633471780776548_n

Diante de uma crise institucional que afeta o campo profissional, faz-se necessária a realização de um diagnóstico introspectivo para que, assim, seja possível alcançar o prognóstico mais adequado, a partir da análise das condições de trabalho e de sua metodologia organizacional, o que requer a adoção de estratégias individuais e coletivas corretas, frente às atribuições a serem executadas por cada departamento, formulando, para tanto, questões e proposições que serão e deverão ser respondidas com a implementação do programa mais
adequado.

Com efeito, tamanha adversidade requer a adoção de medidas que venham congregar abordagens empíricas e metodológicas condizentes com a necessidade tanto do Ente quanto dos servidores, a fim de ampliar a sua atuação, dirigida mais precisamente à resolução de problemas, visando o atendimento do interesse público, que precisa e espera por um trânsito mais humano.

Tudo a partir de um processo educativo permanente de conscientização de que, na maioria dos casos, o acidente e o atropelamento só ocorre porque houve algum tipo de desrespeito as normas ou a sinalização de trânsito.

Logo, na dinâmica das ruas existe um ANTECEDENTE (o cometimento de infração de trânsito) capaz de gerar um CONSEQUENTE (o acidente e a morte no trânsito).

 Ou seja, quando cometemos uma infração de trânsito geramos um ambiente muito propício à ocorrência de acidentes e atropelamentos: colocamos o outro e a nós mesmos em grande risco, na maioria dos casos.

Nesse sentido precisamos ampliar as atividades de educação, de ordenação e de fiscalização de trânsito em Goiânia.

20800244_1382156701832043_7347908462467925419_n

20841750_1382156655165381_1157217858411380189_n



DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O conteúdo dos comentários deixados neste website são de responsabilidade exclusiva de seus autores.