AMT ou BBB?

 

Ultimamente na AMT estamos vivendo um verdadeiro BBB, onde muitos PARTICIPANTES (Agentes de Trânsito) só estão interessados no grande prêmio, isto é, estão atrás de algum CARGO DE CONFIANÇA, que lhes renda uma boa gratificação incorporada no futuro, sem no mínimo se importarem com os interesses da categoria, e para isto os candidatos não medem esforços afim de atingirem seus objetivos, pois jogam sem nenhum ESCRÚPULO, ÉTICA e MORAL, e com uma agravante, a falsidade (puxa-saquismo escancarado).

Se lá no BBB global os participantes escolhidos na maioria das vezes homens (bonitos e malhados) e as mulheres (lindas, siliconadas e gostosas), aqui na AMT não fazemos a menor idéia dos critérios de escolha, mas sabemos que em muitos casos eles são políticos, desprezando completamente a COMPETÊNCIA e a CAPACIDADE TÉCNICA dos possíveis candidatos aos cargos de confiança. Vale uma dica? Por que não deixarem os maiores interessados (agentes) decidirem essa questão?

Sempre que há um PAREDÃO, ou melhor, surge um cargo há disposição, dá-se início a uma verdadeira PROVA DE RESISTÊNCIA, um corre-corre, uma grande e árdua peregrinação pelos gabinetes de parlamentares e corredores da AMT, as estratégias usadas pelos concorrentes são as mais diversas, quase sempre de forma desleal e desigual, assim como acontece no BBB global.

Existem aqueles que buscam o caminho mais correto, o da QUALIFICAÇÃO e do COMPANHEIRISMO, mas infelizmente também há aqueles que procuram um atalho, aliando-se a GRUPOS (panelinhas) que visam quase sempre INTERESSES PESSOAIS, eliminando seus principais adversários (difamando colegas) para ganhar alguns pontos com a administração.

Mas o engraçado disso tudo é quando a LIDERANÇA cai nas mãos de pessoas erradas… (risos), isto é, nas mãos daquelas pessoas sem a menor capacidade de liderança e chefia, pessoas sem a menor noção e técnica operacional para comandar, sem nenhum tipo de estratégia (PLANEJAMENTO), e acabam enfiando os pés pelas mãos, queimando o filme da AMT com a sociedade.

Mas as coisas estão mudando, os Agentes estão aprendendo a reivindicar os seus direitos, e nada melhor de começarmos escolhendo as pessoas certas para os cargos certos, para que o RESULTADO FINAL seja satisfatório para toda a SOCIEDADE.

Rone Siqueira do Nascimento
Clauber G. Maia

 

 



DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O conteúdo dos comentários deixados neste website são de responsabilidade exclusiva de seus autores.