Arquivo da Categoria: Andréa Gonçalves

2ª Ação Social: Participe!

 

 

SINDICATO DOS AGENTES DE TRÂNSITO DO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA

SINATRAN

2ª AÇÃO SOCIAL CAMP EDUC O QUE FAZER ACIDENTE-

Relatório, Resumido, Das Atividades Realizadas Pela Presidência: MÊS DE JANEIRO

 

Relatório N° 001/2016

Goiânia, 09 de fevereiro de 2016.

Aos

Ilustríssimos Senhores e Senhoras Sindicalizados do Sindicato dos Agentes de Trânsito do Município de Goiânia – SINATRAN,

Relatório Resumido Das Atividades Executadas

Pela Diretora Presidente,

Andréa Gonçalves de Melo

 

Por meio desse, venho, respeitosamente, apresentar RELATÓRIO RESUMIDO DAS ATIVIDADES POR MIM IMPLEMENTADAS NESTE MÊS DE JANEIRO à frente do Sindicato dos Agentes de Trânsito – SINATRAN.

Vez que a nossa gestão se pauta por ideais voltados aos princípios da transparência, profissionalismo e ética, cuja base seja o trabalho efetivo e participativo junto a todos os filiados, bem como à comunidade goianiense. Visando, por conseguinte, a consecução dos direitos destes servidores em consonância com o interesse público almejado. Erigindo, assim, um trânsito mais seguro e humano. Tudo, a partir do estabelecimento, por óbvio, de condições de trabalho mais adequadas.

DIA 04 DE JANEIRO – SEGUNDA FEIRA:

  • Presença na nossa Posse – da nova diretoria do SINATRAN;
  • Realizei diligência ao Paço para discussão do parcelamento do nosso 13º salário, conforme estabelecido no Decreto 3164/2015, que estabelecia o pagamento de 50% no mês de aniversário e os outros 50% até 20 de dezembro;
  • Fiz post sobre o assunto e publiquei no site do SINATRAN;
  • Fiz vários requerimentos e ofícios direcionados à SMT;
  • Deliberei algumas atividades aos diretores, dando tarefas a cada um.

Arrecadação Do SINATRAN: Maio de 2011 a Dezembro de 2015

ARRECADAÇÃO SINATRAN

Tendo como parâmetro tais valores, entendo que poderemos implementar várias atividades efetivas enquanto Entidade na aquisição, por exemplo, de, no mínimo, um carro até dezembro deste ano. Além da realização de várias ações sociais e educativas de trânsito, visando sempre mostrar a nossa identidade de servidores públicos preocupados e compromissados com as questões humanitárias e educacionais, especialmente, dentro de nossa Cidade.

Mostrando aos munícipes que além de agentes de trânsito, responsáveis pela segurança viária de Goiânia, somos uma sociedade civil organizada e equalizada com as questões mais relevantes de nossa Urbe, atuantes e presentes.

Por conseguinte, precisamos colocar a nossa casa (sindicato) em dias, primeiro.

Assim, estamos procurando a devida regularização do SINATRAN junto a diversas entidades como, por exemplo, ao primeiro e ao segundo cartório aonde encontramos seis protestos; à Empresa Claro aonde existe dívida a pagar; junto ao MTE para devida regularidade; além de valores a pagar na Receita Federal.

Conduta Corriqueira Na Busca Da Legalidade

MP

Estivemos no Ministério Público fazendo algumas consultas e representações junta à 78ª Promotoria, cuja titular é a Excelentíssima Dra. Villis Marra, Promotora de Justiça, que se mostrou preocupada com algumas questões colocadas, sendo objeto de análise por então.
Com efeito, existem algumas situações em que a lei é inobservada ou mal interpretada, gerando um possível desequilíbrio com o ordenamento jurídico posto, capaz de provocar sérios prejuízos.

Sendo necessária, por conseguinte, não rara às vezes, uma visão técnica qualificada e distanciada da realidade fática ensejadora da então celeuma. Logo, para que possamos, de fato, encontrarmos a melhor e a mais adequada formatação ao causo, sempre visando o interesse público em perfeito levante aos princípios da Administração Pública, buscaremos a posição de outras Instituições que representam o Estado Democrático de Direito como neste caso.

Entraremos Com Algumas Ações Judiciais Por Danos Morais

DANO MORAL

Todos os servidores públicos devem agir com diligência no cumprimento de suas obrigações, especialmente, se ocupar uma função de confiança, cujo corolário é a de maiores responsabilidades.

Assim, não obstante o funcionário público exercente de um cargo hierarquicamente superior detenha o poder-dever de averiguar e coibir toda e qualquer conduta funcional que prejudique a regular execução dos serviços realizados pelos seus subordinados, este poder-dever deverá estar acomodado a uma série de princípios constitucionais, de maneira especial aos previstos no art. 37, caput, da Constituição Federal, cujo substrato necessita estar envolto com os princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, vez que caso contrário teremos o cometimento de arbitrariedades e abusos por parte do superior.

Reunião da Diretoria: Balanço do Mês de Janeiro.

IMG-20160130-WA0039

Fizemos um balanço do mês de janeiro que tem sido, na verdade, objeto de levantamentos sobre a real situação do SINATRAN seja nos aspectos financeiros, contábeis, cartorários, protestais, sindicais e regimentais. Situações que precisam ficar bem definidas e repassadas à Categoria nos termos do Estatuto do Sinatram, bem como da nossa plataforma que teve como mote a transparência.

Lamentavelmente as “novidades” não são  muito boas, mas tudo será colocado na Assembleia do dia 17 de fevereiro de 2016, nossa primeira, conforme já divulgado.

EDITAL

1ª Ação Social 2016

 

IMG-20160130-WA0023

Nossa primeira Ação Social foi muito gratificante, pois sentimos que realmente é necessário estender uma mão amiga aos que mais precisam.

Precisamos nos doar um pouco.

Abençoando vidas, uma vez que somos pessoas, verdadeiramente, abençoadas.

E muita vezes é imprescindível conhecermos algumas destas tristes realidades para percebermos o quanto somos agraciados por Deus.

Reunião no PA Portugal

img021IMG-20160127-WA0068 IMG-20160127-WA0076

No dia 27/01/2016, conforme solicitado por alguns colegas estivemos na reunião agendada entre a Administração e o turno do Final de Semana, nesta oportunidade ficou consignados alguns encaminhamentos, formalizados por ATA confeccionada pelo SINDICATO. Logo, será instrumentalizado um documento que será entregue ao Agente Wander Aguiar (Gerente de Fiscalização), atinente a legalidade da escala cumprida pelos agentes do Final de Semana.

ATA EM ANEXO.