Arquivo da Categoria: Andréa Gonçalves

ENCONTRO ESTADUAL NO CEARÁ TERÁ COMO PALESTRANTE: ANDRÉA GONÇALVES

Fui convidada pelo SIATRANS-CE, Sindicato dos Agentes de Trânsito e Transporte no Estado do Ceará, para participar do Encontro Estadual de Agentes de Trânsito do Estado (26/maio/2018), como uma das Palestrantes do Evento. Diga-se de passagem, a única mulher e que bem representará a todas demais mulheres Agentes de Trânsito do Brasil com grande zelo e dedicação.

Com efeito, o diálogo e a troca de experiências são importantes na luta dia a dia da categoria, e esperamos poder agregar conhecimento, bem como somar aos nossos: uma simbiose necessária e relevante à nossa profissão.

Assim, quero agradecer ao SIATRANS na pessoa do seu Presidente, Valdir Medeiros e demais diretores pelo convite. E dizer que será uma honra para nós, SINATRAN, estar com todos nesse importante evento para a categoria de Agentes de Trânsito em geral.

OFÍCIO CONVIDANDO

Desde já agradecemos pelo convite e estendemos a todos os Agentes de Trânsito do Brasil.

Encontroo

 

 

AULÃO SOLIDÁRIO: AULA DE HISTÓRIA

AULA DE HISTÓRIA

“Aulão” Solidário, foi muito bom e gratificante.
É necessária a implementação de mais espaços como este, em que a integração e a conexão com novos conhecimentos possam abrir um mundo de reais e melhores possibilidades.

28953757_1994258254229169_187990868406458326_o

Minstério Público do Trabalho Faz Diligência na SMT: Luta por Melhores Condições de Trabalho

29067123_1580122292035482_7380538725626806272_o

Dra. Milena, Procuradora do Ministério do Trabalho, fez diligência nas dependências da SMT para averiguar a falta de condições básicas de trabalho. Requerendo assim que providências sejam tomadas a fim de que os problemas sejam resolvidos.

AULÃO SOLIDÁRIO: AULA DE DIR. CONSTITUCIONAL

28828167_1990492304605764_5901176713784945775_o

Os “aulões” são um projeto idealizado pelos Agentes de Trânsito de Goiânia, que buscará ajudar quem tem interesse em passar em concurso público e não tem condições de pagar um preparatório particular, tendo como custo a doação de alimento não perecível, que serão doados para famílias carentes e/ou instituições filantrópicas.

O Projeto teve início no dia 06 de março de 2018, com 07 (sete) matérias básicas cobradas em concursos, podendo haver a modulação para outras, caso necessário.

DECISÃO MUITO IMPORTANTE: TJDF Declara que o Cargo de Agente de Trânsito é uma Atividade Policial, bem como a OAB do Brasil

25152394_158152161370686_8927520649201807789_n

Decisão muito importante esta do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, respaldada inclusive na posição do OAB do Brasil, dada em face de uma situação referente ao um AGENTE DE TRÂNSITO DE GOIÂNIA que passou para DELEGADO DE POLÍCIA. De modo que, o edital deste concurso exigia TRÊS ANOS DE ATIVIDADE POLICIAL para o ingresso na carreira de delegado. Logo, o Tribunal decidiu que a atividade exercida pelo AGENTE DE TRÂNSITO de GOIÂNIA É ATIVIDADE POLICIAL, não sendo-lhe negado então a investidura e posse no cargo de Delegado do DF.

DECISÃO MUITO IMPORTANTE PARA TODOS OS AGENTES DE TRÂNSITO DO BRASIL POR VÁRIOS MOTIVOS, E QUE DEVEM SER EXPLORADOS PELA CATEGORIA.

Essa decisão é mais um argumento favorável, forte, que deve ser usado pelos Sindicatos e Associações de AGTs rumo às conquistas, tais como: porte de arma, aposentadoria especial, adicional de risco de vida, dentre outros direitos atinentes a quem exerce atividade policial, leia-se: de GRANDE RISCO.

VEJA A DECISÃO NA ÍNTEGRA:

DECISÃO DO TJDF

HOMENAGEM À MULHER AGENTE DE TRÂNSITO COMBATIVA DE GOIÂNIA/BRASIL

28514903_1569154973132214_436373203969133925_o

Ser mulher é um ato de luta dia a dia por respeito, igualdade e dignidade.

E ser mulher Agente de Trânsito é uma grande vitória dentro do nosso contexto histórico.

Basta voltarmos nossos olhares ao passado para podermos observar que até 1962 as mulheres casadas só podiam trabalhar fora de casa, com a permissão do marido, limitação essa, imposta pelo Código Civil de 1916. Cabia ao homem a administração do patrimônio do casal. E foi por meio de mobilizações efetivas das mulheres, as quais não se esmoreceram em apresentar propostas de mudanças durante anos e anos seguidos, que em 1945 torna-se possível a chegada desses projetos de mudança ao Parlamento Nacional.  Ainda assim, o Projeto somente ingressou no Congresso em 1951 e foi aprovado em 1962 (Lei 4121) com a modificação do Código Civil e a ampliação dos direitos da mulher casada.

SOBRE A CONTRIBUIÇÃO SINDICAL ANUAL

CONTRIBUIÇÃO FACULTATIVA

A lei 13.467/17 estabelece a autorização prévia dos servidores e servidoras, de cada categoria, para que o desconto seja feito. Ou seja, a chamada Reforma Trabalhista tornou FACULTATIVO o chamado Imposto sindical Anual. Dessa forma, o SINATRAN em respeito às divergentes opiniões sobre o assunto, às normas estatutárias, os artigos da CLT, que versam sobre a contribuição sindical e a própria Lei 13.467/17, resolveu produzir um FORMULÁRIO, onde aqueles e aquelas servidoras, que optarem por contribuir com as lutas sindicais, possam realizar suas contribuições.

O Sinatran ressalta o fator facultativo, contudo, chama a atenção para a importância da contribuição anual para as atividades sindicais, uma vez que somos uma categoria, numericamente pequena, onde as contribuições mensais dos filiados e filiadas acabam por suprir, basicamente, as despesas com (advocacia, aluguel, impostos federais, estaduais e municipais, programas sociais, comunicação e outros gastos básicos com a manutenção da sede e dos trabalhos cotidianos).

Enfim, chamamos a atenção daqueles e daquelas Agentes que se sentirem representados pelo SINATRAN a fazerem suas contribuições, preenchendo o formulário, em anexo, encaminhando ao Sinatran pelo email: sinatrango@gmail.com, ou com a entrega do mesmo na sede, na Rua 9, número 636, Setor Central, fone 30917549.

IMPORTANTE RESSALTAR QUE:

ASSEMBLEIA DE PRESTAÇÃO DE CONTAS EXERCÍCIO 2017

EDITAL PRESTAÇÃO DE CONTAS 2017